PESQUISA

Por que votarei em Marina Silva

por Amálgama (19/08/2010)

por Pierre Lucena * Conheci a senadora Marina Silva em um evento promovido pelo meu blog, em março deste ano, na Universidade Federal de Pernambuco. É impossível não se render aos apelos daquela mulher corajosa, que largou toda uma vida no PT para defender uma bandeira na qual acredita. Mas muito mais do que isso. […]

por Pierre Lucena *

-- Maria Osmarina Marina Silva Vaz de Lima --

Conheci a senadora Marina Silva em um evento promovido pelo meu blog, em março deste ano, na Universidade Federal de Pernambuco. É impossível não se render aos apelos daquela mulher corajosa, que largou toda uma vida no PT para defender uma bandeira na qual acredita. Mas muito mais do que isso. Marina Silva representa o que Lula tem de melhor em sua biografia, sem o que o seu governo tem de pior, que são as negociatas com adesistas.

Como com todos os outros candidatos, não concordo com tudo que Marina defende. Suas preferências religiosas não me agradam, assim como algumas poucas parcerias, mas isso não tem a menor importância perto da dimensão que representa sua candidatura. Ao mesmo tempo em que apresenta uma ideia concreta, que é a defesa do meio-ambiente e do desenvolvimento sustentável, lança sinais para um país que queremos, com decência e honestidade.

Marina nasceu pobre, lutou, estudou, virou professora, deputada, senadora, ministra e agora candidata à Presidência da República. O voto em Marina representa, além do resgate da ética e da decência, também um protesto silencioso contra o bipartidarismo cartorial brasileiro. Meia dúzia de paulistas decidiram a candidatura de Serra, e Lula decidiu a candidatura de Dilma. O bravo Ciro Gomes foi apunhalado covardemente, ficando isolado, sem chances de concorrer e colocar suas ideias. Marina resistiu, mudou de partido, apresentou suas ideias, e agora precisa do nosso apoio. Aqui no Brasil Obama jamais conseguiria virar presidente.

Marina Silva é a única capaz de unir o que os dois maiores partidos têm de melhor, enfrentando o patrimonialismo dos partidos adesistas. Essa briga paulista do PT com o PSDB tem sido muito ruim para a democracia brasileira, e apenas alguém com coragem, maturidade, e de fora destes grupos seria capaz de conseguir romper o ciclo.

Marina Silva é uma grande brasileira. Poderia discorrer mil outras razões para votar nela, mas apenas o brilho honesto em seus olhos já é o suficiente.

* Pierre Lucena, Recife-PE, é Doutor em Finanças (PUC-Rio) e professor da UFPE.
Blog:
acertodecontas.blog.br.

—–
Outros artigos da série:
– Por que votarei em Plínio Sampaio
Por que votarei em José Serra
Por que votarei em Dilma Rousseff

Amálgama

Site de atualidade e cultura, com dezenas de colaboradores e foco em política e literatura.