PESQUISA

Onde vivem os monstros

por Amálgama (18/01/2010)

por Jean Garnier – Onde vivem os monstros (estreou no último dia 15) é mais do que pura fantasia. O filme é baseado no livro do ilustrador novaiorquino Maurice Sendak, publicado em 1963. O desafio do diretor Spike Jonze (Quero ser John Malkovich e Adaptação) e do roteirista Dave Eggers foi criar diálogos para os […]

por Jean GarnierOnde vivem os monstros (estreou no último dia 15) é mais do que pura fantasia. O filme é baseado no livro do ilustrador novaiorquino Maurice Sendak, publicado em 1963. O desafio do diretor Spike Jonze (Quero ser John Malkovich e Adaptação) e do roteirista Dave Eggers foi criar diálogos para os personagens, num clima inspirador, desordenado pela rebeldia contraditória e profundas emoções. A trilha sonora com músicas de Karen O. (vocalista do Yeah Yeah Yeahs) também é um destaque nesse retrato melancólico de conflitos entre gerações recheado de belas paisagens.

A história gira em torno de Max (Max Records), um pré-adolescente que mora com a mãe divorciada (Catherine Keener), a qual se divide entre as atenções do trabalho e o novo namorado (Mark Ruffalo). Há também a figura da irmã mais velha, gozando ainda da juventude, preocupada com os amigos e dando pouca importância a Max. Necessitando atenção, durante um ataque de euforia e libertinagem, ele morde a mãe, que enfurecida com o ato o coloca de castigo. O menino resolve fugir desse ambiente monótono, vestir o seu pijama de lobo e ser rei de um mundo solitário.

É aí que a aventura imaginária do protagonista realmente começa. Na fuga da falta de atenção, se envolve na travessia de um mar tenebroso e conhece um universo misterioso, encantador e assustador. Esse paraíso é habitado por sete criaturas enormes e peludas (uma mistura de atores fantasiados e efeitos em CGI) que estavam destruindo algumas cabanas na floresta. A principal delas é o cativante Carol, mas cada um tem sua característica peculiar e sintetiza tudo aquilo que Max sempre procurou: a liberdade. O menino traz a pureza juvenil para aquele bando, que o recebe com alegria e resolve coroá-lo como o novo líder.

Com o tempo, o garoto começa a se sentir inseguro e sua liderança é colocada em prova: como uma criança que mal podia controlar os sentimentos e obedecer a mãe, poderia comandar honestamente todos aqueles monstros, que, apesar da aparência esquisita, possuíam características de adultos (fraqueza, indecisão e medo)?

[ veja o trailer ]

Amálgama

Site de atualidade e cultura, com dezenas de colaboradores e foco em política e literatura.