PESQUISA

O mistério humano de Hermeto Pascoal

por Amálgama (09/07/2009)

por Isaac Moraes * – O homem é um grande mistério, seja pelas inúmeras facetas da nossa natureza que se estendem pelo planeta, ou pelo grande abismo desconhecido do nosso ser, que nos surpreende dia após dia. Tal mistério pode ser encontrado especialmente em algumas pessoas que têm a capacidade de, por meio de atos […]

por Isaac Moraes * – O homem é um grande mistério, seja pelas inúmeras facetas da nossa natureza que se estendem pelo planeta, ou pelo grande abismo desconhecido do nosso ser, que nos surpreende dia após dia. Tal mistério pode ser encontrado especialmente em algumas pessoas que têm a capacidade de, por meio de atos concretos, fazer bem a seus semelhantes. Esse altruísmo pode se manifestar através da solidariedade por uma ajuda material, de oportunidades ou de algum canal de ligação que essa pessoa tenha com o divino, trazendo alguma centelha da beleza grandiosa do universo para alimentar nossas razões e emoções; é o que acontece com a música de Hermeto Pascoal.

Alagoano de Olho D’água criado em Lagoa da Canoa, foi em contato com a natureza da Terra das Lagoas que Hermeto passou a usar melodias e sons do ambiente como matéria prima para sua arte. A sagacidade em utilizar tais materiais, como um grande alquimista da música, lhe deu a compreensão geral da força melódica presente no universo, da festa do sábado a noite à rotina sufocante da segunda-feira.

E foi em razão desse estudo natural que Hermeto sempre focou em seu caminho, na sua trilha cheia de incertezas, ainda hoje também presentes na alma e na história de tantos nordestinos seus irmãos, o que realmente queria de todo o coração: fazer música, cantar seu povo, sua terra; seja em outras terras ou para onde puder levar sua arte. Deseja fazer o bem com seu ofício.

As festas de casamento no interior de Alagoas onde se apresentava com seus oito baixos ao lado de seu irmão, as rádios por onde passou, as mudanças de cidades, de países e os grupos dos quais participou dizem um pouco da integridade desse artista; sua trajetória e os discos que dela nasceram revelam bastante da preocupação de Hermeto com a qualidade estética e plural de seu trabalho e o respeito pela arte que sempre teve.

É compositor, arranjador, instrumentista, cantor e um solidário em sua profissão, possuindo a grandeza de perceber e ajudar novos talentos, dando-lhes a oportunidade de fazer uma música de qualidade e aprender direta e indiretamente com a sua genialidade e generosidade. Hermeto Pascoal é uma grande colcha de retalhos musicais, e sua figura albina, que lembra a imagem do Criador nos antigos afrescos das catedrais européias, passa a força e a segurança de quem tem muito mais a mostrar e ainda mais a surpreender.

Hermeto é um exemplo do tal mistério humano, é a incógnita revelada da Música Popular Brasileira, um sonoro rio alagoano se espalhando no imenso mar do mundo musical, uma natureza de melodias e sons, como aquela que até hoje embeleza o seu estado natal e que também conta, pela sua extensa diversidade, a história da música do menino que por ela passeou.

* Isaac Moraes, Maceió-AL, é estudante de jornalismo.

Amálgama

Site de atualidade e cultura, com dezenas de colaboradores e foco em política e literatura.