PESQUISA

ARTIGOS e ENSAIOS

Holocaustos Canibais, Pokémon e baleias azuis

por Carlos Orsi

Uma revisão histórica que nos ajuda a pôr o Desafio da Baleia Azul em perspectiva.

Por que ler Sade?

por Emmanuel Santiago

Ler Sade é entrar em contato com os limites da imaginação humana, mais especificamente, com os limites da imaginação humana

A igreja que está em Filadélfia

por Gabriel de Arruda Castro

A igreja que me acolheu nos EUA tem diversidade, mas importa-se pouco com ela. A unidade do Evangelho basta.

Para tentar entender o suicídio

por Cassionei Petry

Fugir da discussão do tema não é solução. Faz parte do absurdo da nossa existência querer deixar de existir.

A ditadura das políticas econômicas fracassadas

por Luiz Eduardo Peixoto

Como o gerenciamento econômico lulopetista espelhou o dos militares.

A delação da Odebrecht gera oportunidade única para outsiders

por Paulo Roberto Silva

No entanto, cada um está rodando igual peru bêbado em suas próprias debilidades.

LIVROS

Deuses tão sanguinários quanto desconhecidos

Os discursos inflamados de Hitler e os disparates de Rosenberg são apresentados como o que, de fato, são: secreções infernais.

resenha por

Fabrício de Moraes

A história viva de Tancredo Neves

Tancredo teve uma forma de atuação política bem particular, o que o colocou em patamar diferente de figuras como Leonel Brizola e Ulysses Guimarães.

resenha por

João Villaverde

Atta Troll: contra a poesia desfigurada

Em "Atta Troll", o poeta alemão Heinrich Heine constrói uma defesa sobre a autonomia da poesia.

resenha por

Fabrício de Moraes

Cegueira ilustrada

A cegueira ilustrada de Dilma Rousseff respondeu por seu impedimento em 2016, mesmo que os propagandistas do fim da verdade gritem “golpe”.

resenha por

Renata Ramos

Haruki Murakami: desde sempre, o menos oriental dos autores orientais

Em ambas as obras temos um surpreendente tom realista e confessional, em primeira pessoa.

resenha por

Douglas Marques

MAIS LIVROS