PESQUISA

Gustavo Melo Czekster

Autor dos livros de contos Não há amanhã (2017) e O homem despedaçado (2011). Doutorando em Letras pela PUCRS.

Henry James e Robert Louis Stevenson: uma improvável amizade literária

01 / 07 / 2017

De uma relação epistolar que se estabelece com cautela e respeito mútuo, aos poucos a amizade cresce.

O mundo como um texto a ser desbravado

27 / 03 / 2017

Domicio Proença Filho explica temas complexos da teoria literária de forma acessível, sem descambar para o coloquialismo.

Se arrependimentos matassem

17 / 10 / 2016

Em alguns casos, os artistas foram ao extremo de não só repudiarem a criação, como se tornaram os maiores e mais ferozes críticos de si mesmos.

MAIS POSTS